Vem me ler na edição Milão 2013 da revista Casa&Flora!

Enfim saiu o especial da revista Cara&Flora sobre a edição deste ano do iSaloni, o maior e mais importante feira/evento do mercado de móveis e decoração do mundo, que acontece todos os anos em Milão na Itália.  Como eu já havia dito rapidamente aqui no blog , eu estive lá e, por isso.., fui um dos convidados pela revista para colaborar com o conteúdo desta edição, contando um pouco do que eu vi e das minhas impressões sobre as tendências apontadas pelos stands de excelentes expositores espalhados pelos corredores da feira.  

Uma honra que eu tenho a alegria de dividir aqui com vocês. Bem, para que não ataquem a miopia lendo as letrinhas da imagem na foto, eu também vou disponibilizar o texto na integra no corpo do post, sem edições e tudo mais. Espero que gostem! Aliás… Espero muito que gostem, pois esse post ainda conta com o resultado do meu feliz encontro com o arquiteto, jornalista e designer Fabrizio Rollo! Um  excelente encontro em frente ao espaço da Vitra, que por pouco não perco em um ‘’cataploft’’ que deu aqui no meu iPhone.

casa e flora

 Tempo de somar função e subtrair excessos

Mais do que um texto sobre as coisas que me encantaram durante a temporada que passei coletando ideias e inspirações para os blogs que mantemos na GP3 Comunicação, queria utilizar este espaço para fazer um apanhado breve sobre as principais tendências que pude observar pelos lugares que passei dentro e no Fuori Salone.  Afinal, em tempos em que Europa sente as consequênciasde uma séria crise econômica, o que mais pode ser observado foi uma preocupação das grandes marcas em apresentar peças – entre algumas novidades e muitas re-edições – com uma pegada muito mais comercial, funcional e limpa, do que em apresentar grandes novas propostas, como uma resposta comedida do mercado do design diante desta nova consciência de consumo. E o resultado dessa equação de somar funcionalidade e subtrair excessos para facilitar o entendimento e a venda, é um design  clean, de qualidade e de poesia simétrica e discreta, que tem na Escandinávia a sua melhor representação.

Portanto, em uma temporada de panos quentes na inovação, o design se veste de tons mornos, leves e açucarados das candy colors, que nesta edição do iSaloni, apareceram com muita força nos stands da Arflex, Vitra e em outras várias propostas do pavilhão seis, que serviam como pontos de luz para em meio ao cinza – que parece ser ”o novo” bege –  quase predominante entre as peças que mais chamaram a minha atenção.

Sobre Delan Salazar

Nenhuma vida é tão insignificante a ponto de não merecer o mínimo de atenção e um espaço no interesse de outros. Portanto, escrevo para falar da minha vida, da vida dos outros e das coisas que eu gosto, acredito e...detesto também.
Esta entrada foi publicada em ARTE, COOL HUNTING, Pensamentos e Crônicas, Portifólio com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s