Tá decidido

Depois de um longo período sem escrever por aqui, decidi escrever sobre algumas coisas que eu decidi que quero e vou fazer nos próximos 5 anos. Coisas que talvez façam a minha vida fazer um pouco mais de sentido, ou que me façam bem sem ter que ter um grande sentido maior do que o de me fazer bem.Afinal, nem tudo precisa ser tão levado a sério assim. E isso é uma coisa que eu decidi na minha vida faz tempo: Não me levar tanto a sério. Acho chato, ranzinza, egóico e desnecessário. porque afasta qualquer possibilidade de uma conversa de verdade com uma outra pessoa.

A primeira coisa que decidi é perder uns (muitos) quilos. Não meramente pela estética, pra ficar mais magro ou fortão, pra pegar ” umas ai”, pra tirar foto sem camisa, ou pra pegar bronzeado terracota e pagar de macho alpha. Não sou, definitivamente, desses. Até mesmo porque, gosto de moda, e emagrecendo eu me ”encaparia melhor” com roupas que tivessem melhor caimento ou sizes mais ajustados. Sou desses.

Tenho treinado numa academia tem uns quase 2 mêses e já sinto alguns resultados. Sei que não vou ficar magrão, do tipo que desfila Dior Homme. Até mesmo porque nunca fui magro, magro de verdade. Mas é que a minha negligência com a balança me deixou bem numa roubada. Me tornei hipertenso, tenho tido menos disposição pra uma série de coisas e é lógico que o preparo físico foi pras cucuias. Preciso retomar as rédias da minha saúde e emagrecer, não pra ficar magrelo ou sarado, mas pra ficar saudável é de suma importância pra minha vida agora.

Outra coisa que decidi é que preciso me dedicar mais a escrever as coisas que me falam ao coração. Arranjar tempo pra compor, escrever uns versos, tentar estruturar ideias, colocar minhas poesias e inspirações pra fora em papéis, blocos de nota do meu celular ou aqui nesse notebook.

A publicidade é uma filha mimada que precisa ganhar uma irmãzinha, uma ocupação, um lado b, pra aprender a dividir minha atenção. Eu preciso aprender a focar e desenvolver outras ãreas da minha vida e imaginação também, porque quero escrever um livro, compor músicas e, as vezes, até canta-las. Sei lá… Isso não tá muito decidido ainda, pois tudo vai muito de inspiração, tempo certo e parceria certa. Mas uma coisa é certa: eu preciso de mais arte na minha vida.

Decidi que quero fazer pelo menos mais umas 4 tatuagens e lugares a serem estudados, mas já bem definidos, Meu Deus! Eu sou um viciado nisso!! hahahaha

Além disso, existem algumas decisões de consumo como o de juntar grana pra enfim morar sozinho, comprar um Nike Dunk, um Wings Atitude by Jeremy Scott para a Adidas, um daqueles relógios analógicos da Cassio, investir em viagens e em alguns cursos para pra aperfeiçoar algumas noções de visão macro-social e de consumo. E eu também quero fazer esse blog dar certo, pra poder ser mais de verdade com as pessoas e com as minhas opiniões. É isso. Tá decidido.

Sobre Delan Salazar

Nenhuma vida é tão insignificante a ponto de não merecer o mínimo de atenção e um espaço no interesse de outros. Portanto, escrevo para falar da minha vida, da vida dos outros e das coisas que eu gosto, acredito e...detesto também.
Esta entrada foi publicada em ARTE, Pensamentos e Crônicas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s