Só observo…

Ah!, como é sonolenta e previsível a vida do príncipe que vive para correr atrás do aplauso, né…

  

Na ânsia pela busca de estar sempre no foco dos holofotes, vive parecendo tão  caricato ao forçar-se para desempenhar o dualismo do papel de grande herói salvador que também é um pobre mártir. Bom mocismo clássico de quem quer aparecer dono de toda a glória por qualquer nível de “Felizes para sempre”. 

Eu, como um cético que prefere a leitura de palavras que me contem sobre pessoas e histórias reais, sempre desconfiei dos constantemente muito bem intencionados. Prefiro as personagens que se permitem revelar mais nuances e outros traços, tendo muito mais emoções para mostrar do que somente um sorriso orgulhoso ou um franzir de choro arrependido. 

Entre o príncipe esbaforido e o camponês astuto que descobre o fio da meada da história, fico com o papel coadjuvante de quem observa e sempre pode ter o orgulho de dizer “mas eu sempre soube….”. Aliás. Em fins onde tudo leva à dramática vitória dos desfechos padrão, enquanto o público interage, eu bocejo. 

Sobre Delan Salazar

Nenhuma vida é tão insignificante a ponto de não merecer o mínimo de atenção e um espaço no interesse de outros. Portanto, escrevo para falar da minha vida, da vida dos outros e das coisas que eu gosto, acredito e...detesto também.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s